Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Apagões pelo Brasil

Imagem
Por ter trabalhado por mais de 23 anos em várias áreas do sistema de energia elétrica brasileiro, de geração, distribuição e principalmente de transmissão de energia elétrica, não posso deixar de dizer, com conhecimento de causa, que a sequencia de ocorrencias de apagões ocorridos em todo o Brasil é sim consequencia da irresponsabilidade com a manutenção das redes, da irresponsabilidade destes ge stores com o profissional técnico que cuida desta manutenção, obrigando-os a uma desumana carga horária de serviço, consequencia de terem dispensado, demitido muitos técnicos necessários ao bom andamento destas redes de transmissão de energia, e, exatamente neste momento o Ministério de Energia junto a ANEEL vem a público dizer que todas as empresas que tem contratos e concessão de energia em fase de renovação demonstraram interesse em continuar com a concessão. Que país é este que continuará entregando serviços públicos a empresas estrangeiras que não conhecem nossa grandeza, não respeitam …

Exemplos de Jovens Brasileiros da Escola Pública

Após mais de um ano como Coordenadora Nacional para assuntos da Educação de um dos movimentos das Redes Sociais que combate a corrupção, o NasRuas, posso lhes afirmar que o descaso de nossos politicos, maioria, com a Educação Publica de Qualidade é sim responsável pelo enorme número de jovens entregues a drogas, entregues ao crime organizado, entregues a idiotização do dia a dia, e, totalmente alienados de seus deveres e seus direitos como cidadãos brasileiros. Não conhecem nossa Constituição, não sabem o que é democracia e como exercê-la, não conhecem os 3 poderes constituidos, não teem a noção básica de politica que os tornaria cidadãos preparados para contribuir com sua comunidade, com sua família, consigo e com nosso país. Na opinião de  Humberto Dantas, Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP) e professor do Centro Universitário São Camilo, um dos maiores batalhadores por um Brasil menos corrupto, mais ético e cidadão, a principal ferramenta para mudar a r…

Mensalão: a regra da impunidade com os dias contados?

Não é o STF que flexibiliza a lei para condenar réus do mensalão. É a justiça no Brasil que sempre foi flexível e indulgente com os criminosos do poder. Resta saber se esta inflexão da regra da impunidade será confirmada daqui para frente. O julgamento do mensalão pelo STF entra na fase final com a definição das penas dos 25 condenados. Alguns deles terão de cumprir prisão fechada e pagar multas em dinheiro. A expectativa da sociedade é que as sentenças sejam efetivamente cumpridas e, também, que este julgamento deixe como legado para o sistema judicial brasileiro uma sinalização clara de que a corrupção se tornou uma atividade mais arriscada e que a regra da impunidade dos poderosos está mesmo com os dias contados. Alguns condenados, como José Dirceu e José Genoíno, apoiados por intelectuais do PT, dirigentes e militantes, acusam o tribunal de fazer um julgamento de exceção, flexibilizando a exigência de provas para a condenação. É uma ironia que gente graúda de um partido de origem …

Em defesa da democracia no Brasil

Em defesa da democracia, por Merval Pereira
Merval Pereira, O Globo

A sessão de ontem do Supremo Tribunal Federal não apenas colocou um fecho no processo do mensalão, definindo como ação de quadrilha a relação do núcleo político do PT com os grupos do lobista Marcos Valério e os financiadores do esquema, como indicou que serão pesadas as penas para os principais envolvidos na trama criminosa.

O decano do STF, ministro Celso de Mello, chamou-os de “sociedade de delinquentes”. Marco Aurélio Mello releu discurso histórico que fez ao assumir a presidência do Tribunal Superior Eleitoral em 2006, quando definiu os mensaleiros como grupo “seduzido pelo projeto de alcançar o poder de uma forma ilimitada e duradoura”.

Gilmar Mendes destacou que a paz social fica em risco quando se procura desmoralizar a democracia. “Não tenho dúvida de que a gravidade dos fatos atenta contra a paz pública na concepção social. (...) Sem dúvida isso subverte a lógica das instituições colocando em risc…
Imagem
Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos. A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo.Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem; a capacidade de escolher novos rumos.Deixaria pra você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável.Além do pão, o trabalho. Além do trabalho, a ação.E, quando tudo mais faltasse, um segredo: o de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída. Mahatma Gandhi

Carta a uma das Fundadoras do "NasRuas" no Combate...

 Carta a uma das Fundadoras do "NasRuas" no Combate...: Carlinha: As vezes tenho a impressão que enxergo mais do que o que se apresenta. Me fale minha amiga, do fundo de seu coração, pode ser qu...

Carta a uma das Fundadoras do "NasRuas" no Combate à Corrupção

Carlinha: As vezes tenho a impressão que enxergo mais do que o que se apresenta. Me fale minha amiga, do fundo de seu coração, pode ser que voce não esteja tendo o tempo que eu tive para me aprofundar em livros, textos, entrevistas, denuncias, mas, depois de tantas entrevistas e comentários que temos lido, depois de tantos fatos que tivemos conhecimento neste mais de um ano de NasRuas, de CONSOCIAL, de Congressos, depois de ouvir cientistas politicos, juristas, jornalistas, e agora mais recentemente com tudo o que está sendo exposto pelos ministros do STF em suas colocações e observações nos julgamentos do mensalão, e, recentíssimo, com a entrevista e a resposta que te deu Soninha Francine quando perguntado a ela sobre a denuncia que ela fez de compra de votos entre os vereadores de São Paulo; não está claro para voce, ainda, que vereadores, deputados estaduais e federais e senadores não teem poder nenhum perante a forma desonesta que se fez e se faz politica em nosso país? Não est…